EU... Eu, eu mesmo... Eu, cheia de todos os cansaços, Quantos o mundo pode dar. — Eu... Afinal tudo, porque tudo é eu, E até as estrelas, ao que parece, Me saíram da algibeira para deslumbrar crianças... Que crianças não sei... Eu... Imperfeita? Incógnita? Divina? Não sei... Eu... Tive um passado? Sem dúvida... Tenho um presente? Sem dúvida... Terei um futuro? Sem dúvida... A vida que pare de aqui a pouco... Mas eu, eu... Eu sou eu, Eu fico eu, Eu... (Fernando Pessoa)

12 de setembro de 2011

Ao meu "CHEF" com carinho !!!




E quem é que resiste ao motoqueiro/chef/baterista de língua presa? Eu queria só um beijo dele todos dias, porque nunca vi pessoa tão elétrica! Ele fala rápido, cozinha rápido e vive se metendo em novos projetos: escreve livros, abre restaurantes, apresenta programas de receitas, faz "dezenas" de filhos (são 4 até agora!) e está sempre com alguma idéia revolucionária para reformar o sistema de merenda nas escolas e no cotidiano, tanto inglesas, como norte americanas, como australianas e oferecer alimentos mais saudáveis ao invés de fast food.

Porque eu AMO o Jamie... mas também porque o restaurante tem uma proposta social belissima. Funciona assim: todos os anos, os Fifteens (existem 3: Londres, Amsterdam e Cornwall) selecionam jovens entre 18 e 24 anos para serem treinados na cozinha. Eles aprendem na prática a função e saem prontos para trabalhar em outros restaurantes, como se fosse uma escola mesmo.

O chef inglês Jamie Oliver ficou mundialmente famoso não só por seus programas de culinária na televisão, mas também pelo seu engajamento social, que fica evidenciado em dois notáveis projetos: o “restaurante escola” Fifteen e o programa de TV “A Cantina Escolar de Oliver”.

A fundação Fifteen começou na cidade de Londres, em 2002, quando Oliverconseguiu unir duas ambições: abrir um restaurante e dar oportunidades a jovens carentes. A iniciativa tem o intuito de ajudar jovens - geralmentecom problemas na escola, com drogas e violência e escola - e treiná-los para serem grandes profissionais na área da gastronomia, oferecendo apoio e inspirando-os a serem pessoas melhores. Os alunos são treinados durante um ano nos próprios restaurantes – o chefe já possui quatro, dois na Inglaterra, um na Holanda e outro na Austrália - trabalham em turnos de cinco dias por semana e recebem instruções dos melhores profissionais na área, além de fazerem viagens a fim de conhecer mais sobre os alimentos. Quando formados, alguns, chegam até a ganhar bolsas de estudo em outros países da Europa e nos Estados Unidos.

No mesmo local também funciona a Fundação Jamie Oliver, que tem como missão educar, qualificar profissionais e formar compromisso com o maior número de pessoas para passar adiante sua filosofia na cozinha.

Entender desde a origem de cada alimento até a melhor forma de preparo para manter suas propriedades, além de reconhecer o poder que eles tem para a saúde e preparar as receitas da forma mais prazerosa e saudável possível. Por isso ele é tão adorado…

O Jamie tem duas linhas de restaurantes: o Fifteen e o Jamie’s Italian. Os pratos são simples, frescos, alegres, elegantes e muito saborosos. O restaurante é acolhedor, intimista, agradável…Fora os garçons, que são uns amores! :) E o melhor: é barato (pela qualidade oferecida).


Um prémio no valor de cerca de 74 mil euros (100 mil dólares) foi atribuído a Jamie Oliver, único vencedor do prémio 2010 da fundação norte-americana TED (Technology, Entertainment, Design).

O trabalho que o Chefe tem vindo a desenvolver nos últimos anos, numa campanha pela saúde e por uma alimentação saudável, foi a razão deste prémio. O seu desejo agora é abrir uma organização e criar um movimento que leve as pessoas a mudar a sua alimentação.

No discurso na conferência da fundação, Jamie Oliver condenou a indústria alimentar. "A indústria quer controlar-se a si mesma mas, neste ambiente actual, não o merece".

Os prémios TED são atribuídos anualmente, desde 2005, a três pessoas consideradas "excepcionais" pelo trabalho que desempenham. É o primeiro ano em que o prémio é dado a uma só pessoa. Bono e Bill Clinton estão entre os vencedores do prémio nos últimos cinco anos.

Ler mais: http://aeiou.expresso.pt/jamie-oliver-vence-premio-nos-estados-unidos=f565098#ixzz1Wc1w5nsd



Restaurante do Jamie Oliver: Fifteen, London

TED Prize Jamie Oliver desejo: Fundação para transformar a cultura junk food e reduzir a incidência de obesidade


Chef britânico comemorou e alimentos ativista Jamie Oliver anunciou sua TED Prize 2010 "desejo de mudar o mundo" momentos atrás, no primeiro dia da conferência TED anual.

Oliver, um ativista de longa data na luta contra a obesidade e problemas relacionados com a dieta de saúde, desejou para a criação de um movimento popular e uma nova base de trabalho para inspirar as crianças e adultos para mudar a maneira de comer e para reduzir a incidência de obesidade e outros relacionados com a dieta problemas de saúde.

Em seu desejo TED Prize, Oliver pediu a criação de uma fundação para inspirar uma revolução de alimentos através da comunicação, educação, redes sociais e ao desafiar a América corporativa e da indústria alimentar para ajudar a transformar a cultura do fast food em uma cultura de alimentos frescos e de cozinhar em casa.

"Precisamos ajudar as pessoas a entender que, se seus filhos são criados em uma dieta de junk food que estão a ser criadas para uma vida de problemas de saúde graves e até mesmo uma expectativa de vida reduzida", diz Oliver. "Eu sei que nós não queremos estar matando nossos filhos."

Oliver pediu que a comunidade TED global para fornecer o talento, trabalho duro e outros recursos necessários para tornar o sonho em realidade, através de:

Estabelecer uma base para o movimento com financiamento espaço de escritórios, e instalações.

Criação de um teatro de alimentos que viajam para ensinar as crianças sobre a comida e cozinhar de uma maneira divertida, e para fornecer treinamento básico para pais e profissionais.

Construção e manutenção de uma frota de caminhões para o teatro de alimentos viajar.

Equipamento e executando cozinhas comunitárias e fornecedores de alimentos para fornecer ingredientes frescos.

Especialistas em educação aproveitamento, designers gráficos, artistas e escritores para desenvolver e produzir criativo, materiais de ensino fundamental.

Tocando comunicação e marketing para desenvolver mensagens fortes e eficazes para o movimento.

Formação de parcerias empresariais de investir na educação de cozinha e alimentos para seus clientes.

Criação de um site on-line e redes sociais e comunidades para reunir pessoas.

Estabelecer uma linha de produtos alimentares de marca para gerar um sustentável, a renda de auto-financiamento para a campanha.

Apoio petição de Jamie para desafiar os nossos líderes para fazer a mudança agora: www.jamiesfoodrevolution.com petição /.

Projetado para alavancar a disposição da comunidade TED de talentos e recursos, a taxa anual TED Prize traz um cheque de US $ 100.000 e, muito mais valioso, o apoio da comunidade TED em todo o mundo para cumprir "um desejo de mudar o mundo".

Um chef aclamado, restaurateur, escritor com diversos livros best-selleres e apresentador de televisão, Oliver tem sido um campeão para as refeições melhor escola e educação alimentar, bem como um porta-estandarte na luta contra a obesidade e suas questões de saúde relacionadas.

"Estamos emocionados de atribuição do Prêmio TED de Jamie Oliver. Seu trabalho aborda diretamente uma das questões mais angustiantes que o mundo enfrenta ... a epidemia de obesidade. Neste ano em que lança seu programa de TV nos Estados Unidos, estamos ansiosos para ajudando-o a alcançar um impacto ainda maior ", diz o curador TED Chris Anderson.

Oliver anunciou seu desejo de um auditório cheio no início da conferência TED2010 em Long Beach, intitulado "O que o mundo precisa agora." Os encontros anuais de quatro dias TED reunir pensadores e fazedores que apresentam de 18 minutos fala sobre "idéias pena espalhar".

Oliver já fez progressos no Reino Unido e internacionalmente em sua missão de inspirar as pessoas a cozinhar e comer alimentos mais nutritivos. Jantares de Oliver Escola / Feed Me Melhor campanha de pressão sobre o governo do Reino Unido para investir US $ 1 bilhão ao longo de seis anos para revolucionar a alimentação escolar para milhões de crianças, enquanto seu Ministério da Alimentação a série incluiu a abertura de uma loja no centro de Rotherham, Yorkshire, que oferece gratuitamente cozinhar aulas aos residentes locais.

Além disso, Oliver tem trabalhado para dar aos jovens ferramentas importantes para viver melhor e mais saudável. Em Londres, ele criou a Fundação Fifteen, uma empresa social e aprendizagem chef para ajudar desfavorecidos 18-24 anos de idade atingir carreiras significativas e bem-sucedido na indústria do restaurante através de um curso de formação única no restaurante Fifteen de Londres. A fundação já foram franqueadas em Amsterdam, Cornwall e Melbourne, cada um com um novo restaurante de sucesso formação de jovens.

Milhões de fãs de boa comida em todo o mundo já conhece o lado do chef de Oliver como o anfitrião de 12 séries de televisão, que foram veiculadas em 130 países. Ele também escreveu 10 livros de receitas, traduzido para 29 línguas, espalhando suas abordagens inovadoras para comer de forma delicioa e saudável.

Por seus esforços em prol da sociedade, o CHEF Jamie Oliver foi indicado em 2003, como Membro do Império Britânico pela rainha Elizabeth II.

Nenhum comentário:

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é..." Catetano Veloso

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é..." Catetano Veloso

Musica em minha vida para tocar a tua!

"A vida:... uma aventura obscena de tão lúcida..." Hilda Hist

"És um dos deuses mais lindos...Tempo tempo tempo tempo..." Caetano Veloso

"SOU METAL, RAIO, RELÂMPAGO E TROVÃO..." Renato Russo

"SOU METAL, RAIO, RELÂMPAGO E TROVÃO..." Renato Russo
RAINHA VICTORIA CATHARINA

"De seguir o viajante pousou no telhado, exausta, a lua." Yeda P. Bernis

"Falo a língua dos loucos, porque não conheço a mórbida coerência dos lúcidos" Fernando Veríssimo

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós."